8 de mar de 2008

Penso, logo desisto.

Fiquei pensando em um post MEGABOGA de minha volta depois dessa semana insuportável de aulas. Pensei, pensei...

-Não fiquei com uma interrogação na cabeça, seu tanga.

-Poxa, já que fiquei tanto tempo fora, posso fazer um post bacana para meus leitores(?). Pensei mais...

"Proteger os nerds da extinção é fundamental. Quem fará os programas de computadores? Quem servirá de chacota para a escola inteira? Deixe-os viverem, sua casta é essencial. Já os emos não servem para nada, podem matá-los."

Pensei, "Irei aproveitar que hoje é dias internacional da mulher, posso falar de como elas são importantes para o mundo, a história, a força, a coragem, a babaquice toda para tentar pega uma." mas logo lembrei que entendo NADA sobre mulheres, apenas que portam uma vagina. Ainda tem uma puta dor na hora do parto, sangra litros todos meses e sobe em cadeiras loucamente como se sua vida dependesse disso por causa de UMA BARATA, não entendo.

-e NUNCA irei, véi.

Pensando mais um pouco...

-Um plato de tli... pela ae, Um plato de tliligo pla tles ti... ahh, O lato loeu...

Tive várias idéias de post, tantas que não teve como escolher uma melhor, eram todas péssimas boas, pensei e escolhi a pior delas para postar.

Perderam minutos de suas curtas vidas e nunca irão recuperá-las. MwahahaHAHAhahahHAHA.

Que post porco, prometo não fazer mais um desses durante um bom tempo. Agradeçam a minha professora de filosofia. Aliás, filósofos deviam ser jogados às masmorras quando começassem a pensar em fazer um pensamento para fazer os outros pensarem sobre disso. esse-dois Exatas.

-A rabanada não me caiu bem...

Morra de dessarranjo intestinal.

Ahh, e feliz dias das mulheres.

0 Comments: